• Nova Amargosa FM

Amargosa: Polícia Civil prende suspeito de roubo a correspondente bancário


Na tarde da última sexta-feira (18), a Polícia Civil de Amargosa localizou um dos acusados de cometer um roubo a um correspondente bancário da Caixa Econômica Federal na cidade.


No final do ano passado, dia 24/12, dois homens chegaram em uma moto, desceram armados e renderam os funcionários do estabelecimento comercial, um mercado, onde funciona um corresponde bancário ligado à Caixa Econômica Federal. Após renderem e ameaçarem funcionários e clientes, com muita agressividade, subtraíram todo o dinheiro encontrado nos caixas, fugindo em seguida.


Que após a conclusão do trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil, foram identificados como autores os irmãos W. C. S. e K. C. S.. Diante das provas e informações colhidas, foi representado perante a justiça criminal pela prisão dos investigados, sendo expedido de imediato um mandado de prisão temporária para o indivíduo W. C. S..

Que durante a semana, após diversas diligências no intuito de localizar e prender W. C. S., na tarde da última sexta-feira, policiais civis receberam uma denúncia sobre a possível localização do procurado e deslocaram para realizar sua prisão.


Que ao entrarem em uma das ruas do Loteamento São Jorge, no bairro da Catiara, o indivíduo foi identificado parado em frente a uma residência, e que ao visualizar a viatura, W. C. S. não obedeceu a voz de parada e empreendeu fuga, entrando em um bar alguns metros depois, sendo perseguido de imediato pelos policiais. Após atravessar o bar e entrar em uma residência, o foragido se virou contra os policiais e sacou um revólver que estava em sua cintura na tentativa clara de alvejá-los, diante da injusta e iminente agressão, prezando pela segurança da equipe e demais pessoas que estavam nas proximidades, W. C. S. foi atingindo por um único disparo, certeiro e incapacitante, atingindo-o na região do tórax, que lhe fez cair ao solo, foi dada voz de prisão, imobilizado e algemado, teve a arma apreendida e foi deslocado para o hospital municipal da cidade para ser atendido e medicado; logo após, conduzido à delegacia de polícia civil para ser flagranteado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e resistência, além de ser informado sobre a existência do mandado de prisão temporária em seu desfavor pelo crime de roubo qualificado.


Com o autor, foi apreendido um revólver calibre .38 carregado com 5 munições.

Segundo a investigação, o segundo autor, de nome K. C. S. fugiu para a cidade de Salvador-Ba logo após o crime.

Em seu interrogatório, W. C. S. afirmou que comprou a arma com parte da quantia subtraída no roubo ao correspondente bancário com o objetivo de se defender, pois estaria sendo ameaçado por integrantes de um grupo criminoso rival que atua também no bairro da Catiara.


O preso W. C. S. responderá pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, resistência e roubo qualificado. Está custodiado no DISEP à disposição da justiça criminal, onde passará por audiência de custódia no próximos dias.


Fonte: Polícia Civil de Amargosa

169 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo