• Nova Amargosa FM

Em confronto, policiais matam quatro suspeitos de participarem de ataques simultâneos a bancos


Uma nova fase da operação ‘Aerárium’, na manhã desta terça-feira (11), resultou na localização e morte, após confronto com a polícia, de quatro suspeitos de integrar uma organização criminosa responsável pelos ataques a três agências bancárias da cidade de Correntina, ocorridos na última sexta-feira (7).


Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cerrado e da 38ª CIPM (Bom Jesus da Lapa) chegaram a dois homens que estavam escondidos na cidade de Serra do Ramalho. Outros dois foram localizados no município de Maracás, durante a madrugada, por equipes conjuntas.


No início da manhã, dois homens foram encontrados após denúncias anônimas. As informações revelaram que os homens, moradores de Salvador, estariam numa casa utilizada como esconderijo, na localidade da Agrovila 09, em Serra do Ramalho (a 820 Km de Salvador). Os PMs iniciaram o patrulhamento e chegaram à dupla, que tentou fugir e reagiu, segundo a SSP.


Com a dupla foram encontrados um revólver calibre 38 e uma pistola de calibre 380. As armas foram encaminhadas para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Bom Jesus da Lapa, onde, segundo o titular da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Bom Jesus da Lapa), delegado Jakson Luis Trindade Neves, serão periciadas e farão parte das investigações.


MARACÁS – Já na cidade de Maracás (a 350 Km de Salvador), um novo confronto acabou com a morte de outros dois suspeitos e apreensão de R$ 236 mil e duas pistolas.

Próximo ao bloqueio montado na cidade, dois criminosos, escondidos numa região de mata, atiraram contra as equipes e, no revide, foram atingidos, socorridos para o Hospital Municipal Doutor Álvaro Bezerra, mas não resistiram.

Segundo o Sindicato dos Bancários da Bahia, ocorreram 22 ataques a banco este ano, 14 somente em abril, sendo três deles em Salvador.

Leia a matéria original em Metro1

206 visualizações0 comentário