• Nova Amargosa FM

Enchentes em Itabuna fazem os mais antigos lembrarem da tragédia de dezembro de 1967


As chuvas que atingiram Itabuna nos últimos dias fizeram os mais antigos comparar o cenário atual com os temporais ocorridos em dezembro de 1967, que fizeram o nível do Rio Cachoeira subir bastante e inundar diversos bairros da cidade, como ocorre atualmente. Ao menos 600 famílias estão desabrigadas em Itabuna, várias lojas no centro da cidade foram tomadas pela água e até um condomínio de luxo ficou debaixo d’água.

Segundo informações da Fundação Jupará, que desenvolve o projeto Memória Grapiúna, uma enchente ocorrida entre os dias 27 e 29 de dezembro de 1967 foi a mais terrível de todas na história de Itabuna. O nível do Rio Cachoeira subiu muito e deixou milhares de pessoas desabrigadas, seguidas do desespero de famílias que perderam o teto, os móveis e até um pouco da dignidade.


Houve muitas mortes também, sem contar com centenas de animais entre, bois, cavalos e porcos, que desciam rio abaixo levados pela fúria da correnteza. De acordo o site História de Itabuna, todos os bairros mais próximos ao Rio Cachoeira foram inundados, a exemplo do Mangabinha, Conceição, Jardim Goés Calmon e Bairro de Fátima. Os bairros Pontalzinho e São Caetano eram mais distantes do rio, mas também ficaram debaixo d’água. Apenas os bairros situados nas áreas mais altas da cidade passaram ilesos à fúria das águas do Cachoeira. (Fonte: Metro 1)

79 visualizações0 comentário