• Nova Amargosa FM

Herzem Gusmão, prefeito de Vitória da Conquista, morre após complicações da Covid-19


O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), morreu aos 72 anos, em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, nesta quinta-feira (18). Internado há quase três meses, Herzem teve uma piora no quadro na manhã da última sexta-feira (12), e precisou ser intubado. Ele deixa a esposa e três filhos.


Herzem foi diagnosticado com Covid-19 em dezembro de 2020 e foi internado em Vitória da Conquista, no Hospital Samur, cerca de uma semana depois da confirmação da doença, com complicações pulmonares.


Em 26 de dezembro, ele foi transferido para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, de onde tomou posse do cargo de prefeito, em 1º de janeiro deste ano. Durante sua internação, a vice-prefeita Sheila Lemos (DEM) exerceu a função.

Herzem Gusmão acumulou diversos trabalhos ao longo da vida. Atuou como Gerente da Associação de Poupança e Empréstimo da Bahia (ASPEB), em 1981, e também no Banco Econômico, em 1984, além de ter sido gerente das Lojas Unilar, 1985.


Formou-se em Direito em Montes Claros em 1985, mas escolheu o jornalismo como profissão, sendo um dos mais importantes nomes do rádio conquistense por mais de quatro décadas. Herzem se especializou em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e entrou para a política em 2008, quando disputou a primeira eleição para prefeito. Em 2010 disputou uma cadeira na Câmara dos Deputados e novamente o cargo de prefeito, em 2012. Em 2014, foi eleito deputado estadual suplente, assumindo o mandato em março de 2015 – onde ficou por 15 meses. Fonte: Metro1.

19 visualizações0 comentário