• Nova Amargosa FM

Homem desconhecido doa ovo de páscoa com chumbinho a menino de 2 anos


A família de um menino de 2 anos foi surpreendida ao descobrir que um ovo de páscoa que a criança havia ganhado estava contaminado com chumbinho, espécie de veneno agrícola proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) muitas vezes utilizado para exterminar ratos. O caso ocorreu no bairro Jardim Fragoso, em Olinda (PE), e o laudo pericial foi concluído nesta semana. A avó do garoto estava andando na rua com ele quando foi abordada por um homem desconhecido dentro de um carro, que ofereceu e entregou o doce.


Ao UOL, a manicure Jessica Maiara Silva, 27, contou que ficou espantada com o resultado do laudo do Instituto de Criminalística divulgado pela Polícia.

“Soubemos do resultado ontem. Foi bem chocante porque eu queria acreditar que fosse mentira. Eu ainda queria que o resultado fosse negativo, mas quando saiu o laudo, foi bem assustador. Se eu tivesse dado o ovo de páscoa a ele, hoje eu estaria sem meu filho”, diz ela.

O menino caminhava com a avó em direção ao trabalho da mãe, no último dia 19 de abril, por volta das 15h30. Um homem, descrito como “branco, de pele limpa, sem barba, cabelo liso bem ‘encostado’, arrumado e muito ‘vistoso’” parou os dois na rua de dentro de um carro “alto e branco”.recommended byRTBS OFFERAparência e sensação de dentes reais: veja os preços aquiAPRENDA MAIS

“Quando ela vem trazendo meu filho para o salão, ela foi parada por esse rapaz. Ela até achou que ele queria pedir informação, só que não era isso. Ele disse: ‘Senhora, tome e dê a ela’, achando que meu filho era menina porque tem o cabelo encaracolado e comprido. Aí ela disse que era ‘ele’ e o rapaz continuou insistindo para que a avó dele pegasse o ovo de páscoa”, relembra Jéssica.

A mãe da criança disse que, no momento, a avó suspeitou da situação. Após receber o ovo de páscoa, ela ainda relatou que o carro acelerou e sumiu.

“Ela recebeu a caixa, que já estava violada. O ovo estava limpo, mas parecia realmente que tinha sido mexido. Quando ela chegou no meu local de trabalho, ela disse: ‘Jéssica, ele ganhou um chocolate agorinha de um homem no carro’. Na hora, eu comemorei e disse: ‘Oba’, mas ela então avisou que suspeitava”.

A família decidiu não dar o ovo de páscoa para a criança comer e a avó levou o produto até em casa para investigar.

“Na ponta do chocolate branco tinha uma coisinha preta. Ela então resolveu mexer em tudo com a sobrinha dela, que fez a gravação do vídeo que está circulando nas redes sociais. Foi aí que ela viu que tinha mais dessas pontinhas debaixo do chocolate.”

A mãe e a avó do garoto registraram um boletim de ocorrência na Delegacia do Varadouro. Ao UOL, a Polícia Civil de Pernambuco confirmou o resultado do laudo.

“Nunca pensei que pudesse passar por isso”, diz Jéssica. Apesar do susto, a rotina da família não mudou e a mãe espera que as autoridades localizem o homem no carro. “As ruas têm câmeras e por onde ele passou deve haver gravações. O carro dele deve ter ficado registrado em algum lugar”, afirma.

A Polícia segue investigando o caso e informou que mais detalhes não podem ser fornecidos no momento.

Fonte: Uol

126 visualizações0 comentário