• Nova Amargosa FM

Janeiro Branco: cuidado do paciente oncológico com a saúde mental é essencial


O movimento “Janeiro Branco” tem um apelo especial para pacientes oncológicos. Embora os cuidados com a saúde mental sejam fundamentais para todas as pessoas, o suporte psicológico para quem lida com o câncer pode fazer grande diferença na adesão do paciente ao tratamento, nos efeitos colaterais e até no resultado do processo de restauração da saúde. Além de tratar das emoções, pensamentos e comportamentos, com foco na melhoria da qualidade de vida e do bem estar dessas pessoas, a psicologia também pode contribuir efetivamente na superação de estigmas e preconceitos relacionados ao câncer.


Pacientes oncológicos deprimidos tendem a sentir mais os efeitos colaterais do tratamento e demandam um tempo maior para responder positivamente às terapias. Por outro lado, indivíduos que conseguem processar suas emoções (ainda que isso inclua sofrer, chorar e/ou lamentar em alguns momentos) conseguem alcançar mais rapidamente o alívio necessário para lutar pela vida e seguir adiante. “O estado emocional do paciente tem influência direta tanto em fatores de risco do câncer, como o estresse, o tabagismo, o alcoolismo e a obesidade, quanto no sucesso do tratamento após o diagnóstico da doença. Enquanto sentimentos como gratidão e confiança podem acelerar o processo de cura, a angústia e a ansiedade podem retardar avanços”, exemplificou a psicóloga Sabrina Costa Figueira.


52 visualizações0 comentário