• Nova Amargosa FM

Kiev sofre novos bombardeios e se prepara para invasão russa


Um movimento intensifica a hipótese de que Vladimir Putin, de fato, mira Kiev, capital da Ucrânia como seu principal alvo de guerra. A cidade voltou a ser bombardeada nesta sexta-feira (25).


A princípio, o presidente russo, ao anunciar a invasão à Ucrânia, havia justificado que a “operação militar” visava apenas o leste do país, região em que há uma grande concentração de separatistas pró-russos.

No entanto, o que está sendo visto é um ataque generalizado à Ucrânia, afetando, principalmente, a capital. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, os moradores de Kiev acordaram com sons de explosões de mísseis balísticos, lançados de Belarus, país aliado da Rússia, e de cruzeiro, disparados de aviões. Agora, eles temem a chegada de tropas russas à cidade.

Um caça Su-27 ucraniano, modelo soviético usado por Moscou e Kiev, foi abatido sobre a cidade e caiu sobre um bloco residencial, deixando um número incerto de vítimas.

As informações sobre mortos e feridos são confusas. A Ucrânia fala em 137 mortos de seu lado e cerca de 800 baixas russas, mas esses números não são aferíveis. (Metro1)

47 visualizações0 comentário